Sexta-feira, 25 de Junho de 2021
©Márcia Fernandes

Torgueda quer erradicar vespa da galha do castanheiro

Praga afetou muito a produção, mas com a intensificação das largadas, este ano acreditam que poderá haver mais produção

-PUB-

A vespa da galha do castanheiro tem afetado de forma significativa os soutos da freguesia de Torgueda. Para tentar erradicar a praga, a Associação de Produtores de Castanha de Torgueda (APCT) está no terreno a efetuar largadas dos parasitóides para eliminar a praga.
Criada recentemente, a APCT surgiu da necessidade de ajudar os produtores a lidar com esta praga, que começou há sensivelmente cinco anos nos soutos da freguesia, como explicou à VTM Fernando Miranda, presidente da associação. “Foi nessa altura que nos apercebemos que poderia existir aqui qualquer coisa, mas não sabíamos o que era.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.