Sexta-feira, 24 de Maio de 2024
No menu items!

Troço do IP4 encerrado devido à queda de neve

O IP4 está encerrado entre a Pousada do Marão e o nó da Campeã devido à queda de neve, revelou hoje o Comando Sub-Regional do Tâmega e Sousa. 

-PUB-

De acordo com o Comando Sub-Regional, aquele troço da IP4, na zona de Amarante, está encerrado nos dois sentidos desde as 08:20 e assim permanecerá até às condições meteorológicas melhorarem.

A neve cai com alguma intensidade em alguns locais do distrito de Vila Real, condicionando a circulação rodoviária, no entanto cortado ao trânsito está apenas o IP4.

Segundo a GNR, as principais autoestradas do distrito – a A24, a A4 e a A7- estão transitásseis, embora aconselhe muita precaução na circulação em alguns troços.

Os limpa-neves estão no terreno a proceder à limpeza das principais vias.

Portugal continental registou 36 ocorrências durante a noite, um número bastante inferior ao de sexta-feira (349), tendo-se concentrado sobretudo na região Norte, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Assim, entre as 00:00 e as 08:00, registaram-se 36 ocorrências, que afetaram mais o Norte, sendo que, destas ocorrências, 20 foram limpezas de via, referiu fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC). Oito registaram-se na Área Metropolitana do Porto, indicou.

Não houve danos materiais significativos nem vítimas, destacou.

Na sexta-feira, Portugal continental registou 349 ocorrências até às 21 horas, devido ao mau tempo, com a Grande Lisboa e a Área Metropolitana do Porto a serem as regiões mais afetadas, segundo fonte da Proteção Civil.

A ANEPC tinha avisado a população para tomar medidas preventivas devido ao agravamento das condições atmosféricas, com agitação marítima, vento e queda de neve.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS