Sexta-feira, 25 de Junho de 2021

UGT oferece material à pediatria do Centro Hospitalar

A União Geral de Trabalhadores (UGT) de Vila Real ofereceu material médico ao serviço de pediatria do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), no valor de dois mil euros.

-PUB-

Entre os equipamentos oferecidos estavam estetoscópios, otoscópios, termómetros, martelos-reflexos, que vão ser muito úteis ao serviço, como explicou, à VTM, Eurico Gaspar, diretor do Serviço de Pediatria. “É o nosso material de trabalho, é aquilo que faz a extensão do médico para chegarmos próximos do doente”, adiantando que são estes os principais beneficiados, uma vez que “nos vai permitir ter uma melhor observação, melhor orientação e consequentemente um melhor tratamento”.

O médico acrescenta que, como observam muitas crianças, este equipamento tem “um desgaste rápido”, porque é usado de forma intensiva. “É um material caro, de consumo muito rápido, que nos vai permitir observar melhor as nossas crianças”.

Rita Castanheira, presidente do Conselho de Administração do CHTMAD, agradeceu o gesto de solidariedade para com o serviço de pediatria, onde está o nosso futuro. “São dispositivos necessários para o trabalho diário dos nossos profissionais, porque têm passado por tempos difíceis e são gestos como este que nos alegram e nos dão força para continuarmos a desenvolver o nosso trabalho”.

Numa altura difícil que o país atravessa e à qual o distrito não é alheio, Nataniel Araújo, presidente da UGT de Vila Real, sublinhou que a solidariedade foi instituída desde o início do seu mandato à frente da estrutura distrital, em que desta vez se pretendeu reconhecer o serviço prestado pelos profissionais de saúde deste hospital. “Foi uma entrega simbólica, que lhe irá garantir melhores cuidados de saúde às nossas crianças, que são o futuro da nossa região. Ao mesmo tempo, pretendemos proporcionar melhores condições de trabalho aos profissionais, que muito se têm esforçado nesta situação pandémica que nos tem afetado”.

Este responsável revelou que a UGT vai continuar com estes gestos de solidariedade, selecionando uma instituição que precise de ajuda.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.