Domingo, 22 de Maio de 2022

Vila Real e Bragança sob aviso amarelo devido ao frio

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou, hoje, seis distritos sob aviso amarelo devido à "persistência de valores baixos da temperatura mínima"

Até à próxima segunda-feira (24), o IPMA prevê tempo seco e frio. Em comunicado, o Instituto aleta que “as previsões meteorológicas apontam para a continuação de tempo seco, e relativamente frio a partir de dia 21, devido ao transporte de uma massa de ar frio continental proveniente do interior do continente europeu, associada a um anticiclone localizado sobre as ilhas Britânicas”.

A descida da temperatura máxima, prevista para amanhã, sentir-se-á “em especial nas regiões Norte e Centro”. Prevê-se, ainda, “uma descida da temperatura mínima no dia 22, que “deverá variar aproximadamente entre 1 e 5°C, sendo ligeiramente superior na faixa costeira, e inferior no interior Norte e Centro, onde irá baixar até valores da ordem de -2 a -5°C”.

Quando à temperatura máxima, “deverá variar entre 10 e 15°C nas regiões Norte e Centro, sendo entre 15 e 17°C no Baixo Alentejo e Algarve, e inferiores a 10°C no nordeste transmontano e Beira Alta”.

Além disto, “prevê-se uma intensificação do vento nos dias 21 e 22, que soprará do quadrante leste, moderado a forte nas terras altas e temporariamente na faixa costeira, o que fará aumentar o desconforto térmico. Haverá formação de geada, em especial no interior e nos vales abrigados do litoral”.

Face a estas previsões, o IPMA emitiu avisos de tempo frio, em grande parte dos distritos do território continental, incluindo Vila Real e Bragança. A Direção-Geral da Saúde recomenda à população que adote alguns cuidados adicionais, como a toma da vacina contra a gripe e proteção extra contra o frio. É recomendada, ainda, a ingestão de líquidos de modo a manter uma boa hidratação diária. No exterior, alerta-se para maior cautela na prevenção de possíveis quedas.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.