Segunda-feira, 20 de Setembro de 2021
Coordenação de informação pela GNR | ©Márcia Fernandes

104 vigilantes em alerta para evitar incêndios

A VTM esteve no posto de vigia de São Bento (Vila Real) a verificar como é o trabalho destes vigilantes da natureza, que têm como função primordial alertar para as ocorrências de incêndios logo à nascença .

-PUB-

São 104 homens e mulheres que asseguram o funcionamento diário dos 26 postos de vigia do distrito de Vila Real, integrados na rede nacional, coordenada pela GNR, no âmbito do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.

Com o objetivo principal de evitar incêndios florestais, os postos de vigilância funcionam durante 24 horas por dia, divididos pela denominada Rede Primária (que funciona durante seis meses, de 7 de maio a 6 de novembro), que depois é reforçada pela Rede Secundária (de 30 de junho e 15 de outubro), que tem a duração de três meses e entra em funcionamento na fase mais crítica dos incêndios.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.