Domingo, 19 de Setembro de 2021
@ DR

Amigos de Trás-os-Montes e Douro visitam RI13

A Associação fez uma visita ao Regimento de Infantaria Nº 13, onde decorreu uma visita guiada para conhecer a história e ação do Regimento

-PUB-

No âmbito das comemorações da arma de Infantaria, historicamente associada à batalha de Aljubarrota, que ocorreu no dia 14 de agosto de 1385, a Associação dos Amigos de Trás os Montes e Douro, foi convidada, dia 13 de agosto, a visitar as instalações do RI 13, bem como a conhecer um pouco da história e do papel preponderante, que então assumiu e continua a assumir, no contexto atual.

A comitiva da AATMD, embora limitada devido à pandemia COVID-19, foi composta por alguns dirigentes e convidados de áreas diversas, como escolas e empresas locais, habitualmente parceiros na realização das atividades.

O Comandante do RI13, apoiado por diversos elementos da Unidade, responsáveis por setores específicos, acompanhou os visitantes numa visita guiada, dando a conhecer um pouco da história do RI13, bem como, a preocupação que o Exército tem em inculcar, nos seus homens, valores essenciais para o bem-estar da sociedade, como seriedade, respeito, responsabilidade, solidariedade, entre outros.

A associação ficou a saber onde ocorreram, ao longo do tempo, as principais intervenções dos homens da unidade bem como a sua capacidade técnica e operacional, nos diferentes momentos. Consideraram de extrema importância “perceber a ação do RI13, no cenário Covid-19, sobretudo ao nível de contactos com a população e no programa de vigilância e prevenção de incêndios, nas florestas, em colaboração com o ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas)”.

O Presidente da Associação dos Amigos de Trás os Montes e Douro, Justino Silva, agradeceu o convite formulado e enalteceu a “envolvência e disponibilidade ao longo dos vários anos, do RI13, que tem sido uma das entidades marcantes, em várias dinâmicas levadas a cabo por esta associação, salientado, o Pic Nic Famílias”.

No final, os presentes, degustaram um vinho do porto, acompanhado por alguns dos exemplos mais carismáticos da doçaria regional, os covilhetes e os pitos de Santa Luzia, iguarias únicas e  marcantes da região transmontana.

This slideshow requires JavaScript.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.