Sexta-feira, 7 de Maio de 2021

Aneurisma da aorta: faça o exame de rastreio desta doença silenciosa

De março a junho, o Hospital da Luz Vila Real tem disponível um serviço especial de consulta e eco doppler abdominal.

O Hospital da Luz Vila Real tem disponível, até 30 de junho, um serviço especial de consulta e eco doppler abdominal superior para rastreio de aneurisma da aorta.

Esta é uma doença silenciosa, potencialmente fatal, que atinge, sobretudo, os homens com mais de 60 anos e fumadores (ou ex-fumadores).

O aneurisma da aorta é uma dilatação anormal da principal artéria do abdómen, que pode ser progressiva e silenciosa, havendo risco de rutura quando o diâmetro atinge 5,5 cm ou características anatómicas específicas.

Realçar que, habitualmente, o aneurisma não provoca sintomas e que a principal causa é a aterosclerose, uma doença inflamatória que provoca deposição de gordura e cálcio na parede das artérias.

Por se tratar de uma doença silenciosa, e potencialmente fatal, o Serviço de Cirurgia Vascular do Hospital da Luz Vila Real recomenda, na linha das orientações médicas internacionais, que todos os homens com mais de 60 anos e com história de tabagismo realizem um rastreio para despiste de aneurisma da aorta através da realização de eco doppler abdominal, um teste não invasivo, feito com recurso a ultrassons, que permite avaliar o fluxo e a velocidade do sangue nos vasos sanguíneos.

No Hospital da Luz Vila Real, este tratamento inclui uma consulta de cirurgia vascular e eco doppler abdominal superior e tem um preço unitário de 40 euros (tabela de preços particular).

Os interessados devem fazer marcação através MY LUZ, Messenger e WhatsApp (927 529 648) ou através do telefone 259 043 970.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.