Sexta-feira, 30 de Setembro de 2022

“As Pessoas Invisíveis” apresentado no Centro de Artes Nadir Afonso

O auditório do Centro de Artes Nadir Afonso encheu para assistir à apresentação da obra “As Pessoas Invisíveis” da autoria de José Carlos Barros, escritor botiquense, a cargo de Hermínio Chaves Fernandes, que destacou a importância “que os habitantes e o território de Boticas” assumem nos seus livros, sendo “fonte de inspiração e motivo de reflexão”.

-PUB-

Após um breve resumo da obra vencedora do Prémio LeYa 2021, José Carlos Barros frisou ser “um pouco estranho estar aqui e conhecer praticamente toda a gente. Tenho andado em sessões por vários sítios. Nalgumas aparece um famoso ou outro e eu conheço e, agora, estão aqui tantos famosos”, brincou.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.