Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2022
© DR

Autarquia vai voltar a oferecer lenha da serra de Reboredo

O município de Torre de Moncorvo anunciou que vai voltar a promover, no decorrer do ano de 2022, o programa “Quintas-feiras do Reboredo” e “Reboredo Ajuda”

-PUB-

“As Quintas-feiras do Reboredo” é uma iniciativa que consta na atribuição de corte de lenha pelos munícipes no perímetro florestal da Serra do Reboredo, sob a responsabilidade do município e a supervisão do Gabinete Florestal.

Em comunicado, a câmara revela que esta atividade se realiza todas as quintas-feiras, com início no dia 13 de janeiro de 2022 até ao dia 28 de abril de 2022, em que cada agregado familiar “tem direito a extrair 1500 quilos de lenha, na área de extração indicada pelo gabinete florestal do município de Torre de Moncorvo”.

Os interessados em beneficiar deste programa devem efetuar uma candidatura no referido gabinete, acompanhados pelo cartão do cidadão. Posteriormente, serão informados pelos serviços municipais da hora e do local no qual estão autorizados a extrair a lenha.

Para grupos de risco quer de pobreza ou exclusão social, o município implementou o programa “Reboredo Ajuda”, que consiste na atribuição de 1500 quilos de lenha e respetivo transporte, mediante o cumprimento dos seguintes requisitos: ser residente no concelho, apresentar um rendimento mensal per capita, determinado nos termos do Regulamento

Municipal de Atribuição de Habitação Social, igual ou inferior a 75% do Indexante de Apoio Social em vigor e não tenham viatura própria ou de familiares descendentes e/ou ascendentes.

As candidaturas a este programa também devem ser apresentadas no Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo para análise e decisão.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.