Sábado, 12 de Junho de 2021
©DR

Catarina Peniche é a candidata do BE à Assembleia Municipal

Catarina Peniche é a candidata do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal de Vila Real nas eleições autárquicas de 2021.

-PUB-

O seu nome foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Concelhia de aderentes e confirmado pela Comissão Coordenadora Distrital de Vila Real.

Ana Catarina Alves Peniche nasceu a 15 de agosto de 1980 em Vila Real. Licenciada em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica, a candidata revela que, mesmo sem representação, nos últimos quatro anos, “não limitamos a nossa intervenção, estando presentes em várias lutas, seja nos apoios sociais, património, ambiente, transportes, serviços públicos, na cultura e tantas outras”.

Acrescenta ainda que o BE “tudo fará para voltar a ter representação na Assembleia Municipal de Vila Real”, de forma a “dar institucionalmente seguimento ao trabalho que tem vindo a desempenhar nas ruas e nas lutas concretas, lado a lado com os e as vila-realenses”.

Para além da prática clínica, a sua experiência profissional passa pela formação/ acompanhamento/intervenção de grupos em vulnerabilidade social. Desempenhou funções nas áreas da psico-oncologia e mediação social. Neste momento, exerce funções na área da psicologia em contexto escolar.

Ativista pelos direitos humanos, integrou o Movimento Que se Lixe a Troika, coopera com a Rede 8 de Março entre outros movimentos/coletivos nacionais e locais. É cofundadora e membro ativo da Catarse-Movimento Social.

É membro da Comissão Coordenadora Distrital de Vila Real e Dirigente Nacional do Bloco de Esquerda.

Foi candidata pelo Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal nas eleições Autárquicas de 2017.

 

 

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.