Domingo, 1 de Agosto de 2021

Chaves um concelho “mais” atrativo

Especial dia do município de Chaves - A presença humana no concelho de Chaves remonta ao Paleolítico, conforme inúmeros testemunhos de Mairos, Pastoria e de São Lourenço e das civilizações proto-históricas, nomeadamente nos múltiplos castros situados no alto dos montes que envolvem toda a região do Alto Tâmega.

-PUB-

 

História

À época da invasão romana da Península Ibérica, os romanos instalaram-se no vale do rio Tâmega, onde hoje se ergue a cidade e construíram fortificações pela periferia, aproveitando alguns dos castros existentes.

Para defesa do aglomerado populacional foram erguidas muralhas e para a travessia do rio construíram a ponte de Trajano, que se acredita ter sido construída com o auxílio dos legionários da Sétima Legião. Fomentaram o uso das águas quentes mínero-medicinais, implantando balneários termais, exploraram minérios, com destaque para filões auríferos, e outros recursos naturais. 

Tanta importância adquiriu este núcleo urbano, nessa época, que foi elevado à categoria de Município, quando no ano 79 dominava Vespasiano, primeiro César da família Flavia. Será esta a origem de Aquae Flaviae, designação antiga da atual cidade de Chaves.

As invasões dos Suevos, Visigodos e Alanos, provenientes do leste europeu, puseram termo à colonização romana. O período de dominação bárbara durou até que os mouros invadiram a região e venceram Rodrigo, o último monarca visigodo, no início do século VIII. Em 1253 realizou-se, em Chaves, o casamento de D. Afonso III com a sua sobrinha D. Beatriz, filha de Afonso X, o Sábio.

Em Chaves travou-se, a 8 de Julho de 1912, o combate entre as forças realistas de Paiva Couceiro e as do governo republicano, chefiadas pelo coronel Ribeiro de Carvalho, de que resultou o fim da 1ª incursão monárquica.

A 12 de Março de 1929 Chaves foi elevada à categoria de cidade.

 

Geografia

 

O concelho de Chaves pertence ao distrito de Vila Real e está inserido na região do Alto Tâmega.

Com uma área de 591 km² e cerca de 40 mil habitantes, tem como núcleos urbanos mais importantes a vila de Vidago e a cidade de Chaves, sede de concelho, que engloba oito das 39 freguesias que o compõem.

O concelho de Chaves desenvolve-se ao longo do vale do rio Tâmega, que tem posição central no território concelhio e que é delimitado pelas encostas das terras altas em seu redor, a nascente e a poente, de relevos graníticos e xistosos que chegam a atingir os 1000metros de altitude.

Faz fronteira a Norte com a Galiza (Espanha) e é limitado a Oriente pelos municípios de Vinhais e Valpaços, a Sul por Vila Pouca de Aguiar e a Oeste por Montalegre e Boticas.

É servido em acessos rodoviários pela A24, faz ligação em Vila Pouca de Aguiar com a A7 e é no concelho de Chaves que tem início a mítica Estrada Nacional 2, que faz a ligação a Faro ao longo de 738 quilómetros.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.