Domingo, 27 de Novembro de 2022

Destino da Ponte de Arame Monteiros-Veral decidido este mês

Em causa está a possível recolocação da célebre Ponte, construída há cerca de dois séculos, de modo a continuar a servir as populações das duas localidades a propósito da construção da Barragem do Alto Tâmega.

-PUB-

As aldeias de Veral (Boticas) e de Monteiros (Vila Pouca de Aguiar) estão separadas pelo rio Tâmega desde tempos imemoriais. Como tal, a população construiu uma ponte pedonal de arame há cerca de duzentos anos, que permite a travessia e, sobretudo, encurta distâncias. Sem esta, os habitantes ficam separados por cerca de 100 quilómetros.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.