Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021
@Inquieta - Agência Criativa

Douro Inspira com concertos um pouco por toda a região

A programação do projeto “Inspira - Douro, Cultura & Património” já arrancou com muitos espetáculos um pouco por toda a região do Douro. A programação, eclética, prolonga-se até dezembro e vai chegar a aldeias, centros urbanos, praças históricas e miradouros do território duriense com cerca de 70 concertos. 

-PUB-

O património estará sempre associado aos espetáculos. Ainda durante o mês de agosto, os Museus do Douro, do Côa, de Lamego, por exemplo, assim como a vila de Torre de Moncorvo, vão receber artistas como os Ceifeiros de Cuba, os Solistas da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins, a Guitarra e o Fado e o Bando das Gaitas.

A programação de setembro conta, por exemplo, com Sónia Pinto, Fernanda Paulo, Ana Laíns, Marionetas de Mandrágoras, Chulada da Ponte Velha e Sons do Douro, com palcos em São João da Pesqueira, Vila Nova de Foz Côa, Peso da Régua e Freixo de Espada à Cinta.

O “Inspira – Douro, Cultura & Património” é um projeto de programação em rede que junta a Fundação Museu do Douro, no Peso da Régua, Fundação Côa Parque, em Vila Nova de Foz Côa, e o município de São João da Pesqueira através do Museu do Vinho. Para Fernando Seara, diretor do Museu do Douro, “estas instituições são fundamentais para o desenvolvimento da região”. Daí que o Inspira seja também uma oportunidade para “chegar a toda a gente, às pequenas comunidades, às grandes comunidades e a todos os que visitam a região”. E, sendo o Inspira um projeto de cariz português, realça o diretor do Museu do Douro, “é uma boa oportunidade para os artistas portugueses voltarem ao trabalho.”

Também Manuel Cordeiro, Presidente da Câmara Municipal de São João da Pesqueira, destaca a parceria entre as três instituições: “Esta parceria é fantástica, porque são três museus do território que o representam de forma singular e na sua íntegra. Faz todo o sentido esta parceria. E acaba também por acrescentar valor ao património, por mostrar algo mais a quem nos visita e também, obviamente, para consumo interno.”

Aida Carvalho, diretora do Museu do Côa, corrobora esta opinião: “Projetos como este aumentam a autoestima das comunidades e reforçam o orgulho de quem vive na região, estimula os públicos e acabam por ter também impacto na economia regional.”

Para além dos 70 concertos esperados até ao final do ano, outra das ações de grande destaque do projeto “Inspira” é a promoção do território através da realização de 6 vídeos gravados em 7 miradouros do Douro, com diferentes músicos. São Salvador do Mundo (São João da Pesqueira), São Leonardo da Galafura (Régua), São Cristóvão do Douro (Sabrosa), São Gabriel (Moncorvo), São Lourenço (Vila Nova de Foz Côa), Penedo Durão (Freixo de Espada à Cinta) e o do Ujo (Alijó), são os miradouros de paragem obrigatória onde vão ser gravados videoclipes para servirem de cartão de visita para promoção do território. Até ao momento, já foram lançados dois videoclipes com os músicos Emmy Curl no Miradouro de São Gabriel e de São Lourenço e Time for T, com Tiago Saga, no miradouro de São Salvador do Mundo.

O projeto “Inspira – Douro, Cultura & Património” é cofinanciado pelo Portugal 2020. Pode obter mais informações sobre a programação em https://inspiradouro.pt/.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.