Quarta-feira, 5 de Outubro de 2022

Douro & Porto Wine Festival junta música, vinho e gastronomia

O Douro & Porto Wine Festival celebra a música, gastronomia e o vinho, naquela que é a primeira edição, e que decorrerá nos dias 17 e 18 deste mês.

-PUB-

O festival realiza-se nas margens do rio Douro, em concreto “no coração da região vinícola demarcada mais antiga do mundo criada em 1756 pelo Marquês de Pombal”, em Cambres, Lamego, assinala, em comunicado, a câmara municipal. Este, é descrito pela autarquia como “uma verdadeira experiência de fusão musical e gastronômica, para pessoas e públicos de todas as idades; sobretudo para aquelas que buscam novas experiências sensoriais”.

O evento, que tem como principal “missão e objetivo ter capacidade de rejuvenescer, posicionar e engrandecer toda a região do Douro a nível nacional e internacional”, vai decorrer, como descrito pela câmara “num dos mais idílicos cenários a nível mundial, atraindo novos públicos até a região do Douro”.

Em plena época de vindimas, a apresentação pública do evento que vai nascer no Porto Fluvial de Cambres, decorreu no Porto Welcome Center, com a participação do Presidente da Câmara Municipal de Lamego. Francisco Lopes sublinha a relevância do concelho de Lamego receber este evento: “Daremos as boas-vindas a todos os festivaleiros que venham festejar o Douro e usufruir de boa música e descontração. Estamos orgulhosos por acolher um festival com uma oferta tão rica e promover, ao mesmo tempo, os melhores néctares do mundo”.

Produzido pela All Over The Future, o Douro & Porto Wine Festival conta com o apoio do IVDP — Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, da Câmara Municipal de Lamego, do Turismo do Porto e Norte e da APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo.

Fafá de Belém, Gipsy Kings, The Stranglers , Pedro Abrunhosa e Tiago Bettencourt são alguns dos nomes que vão subir ao palco.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.