Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Encontro de tunas quer preservar legado musical

O primeiro encontro de tunas e mostra de construtores de instrumentos musicais realiza-se sábado e domingo, em Peso da Régua, para destacar o trabalho desenvolvido no campo da música tradicional ao longo dos anos.

-PUB-

O evento “Tunas Rurais – Memórias Vivas” reparte o palco pelas zonas exteriores da Estação Ferroviária do Peso da Régua, da Casa do Douro e do Museu do Douro e é organizado no âmbito do projeto de animação cultural “Inspira – Douro, Cultura e Património”.

Luís Carvalho, coordenador financeiro da Fundação Museu do Douro, disse hoje à agência Lusa que o objetivo do encontro é “dar ênfase ao trabalho desenvolvido pelas tunas tradicionais”, algumas delas “há mais de 100 anos”. Trata-se de agrupamentos musicais de origem popular.

“Queremos dar destaque e viabilidade a estas tunas tradicionais”, realçou, referindo que estes músicos “tocam por ouvido e não por pauta musical” e que este é “um legado que é preciso preservar”.

“Ao longo dos anos as tunas têm sido uma escola de música para muitos”, frisou.

No sábado, sobem ao palco as tunas de Ansiães, de Bisalhães e a Orquestra de Cordofones Tradicionais de Braga, e, no dia a seguir, será a vez de atuarem as tunas de Carvalhais, de Soutelo e da Campeã.

Se o tempo não permitir a realização do evento ao ar livre, as iniciativas serão transferidas para espaços interiores.

Em outubro, em São João da Pesqueira, realizar-se-á um segundo encontro de tunas.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.