Quinta-feira, 25 de Abril de 2024
No menu items!

Exército de olhos postos na floresta

São 40 as patrulhas de vigília florestal do Exército espalhadas pelo país, cada uma com dois a três militares.

-PUB-

Uma delas está no concelho de Vila Pouca de Aguiar com a missão de detetar e vigiar focos de incêndio, como foi possível perceber numa visita à Serra da Padrela.

Roberto Silva, 1º sargento de infantaria, é um dos elementos desta patrulha. “Estamos sempre com os olhos no terreno, vamos estando nos postos de observação (7) para detetar possíveis focos de incêndio para poder atuar de imediato”, explica.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.