Sábado, 4 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Filandorra excluída dos apoios do Estado fala em “avaliação tendenciosa”

A Companhia de Teatro do Nordeste - Filandorra foi excluída do Programa de Apoio Sustentado na área do teatro. Recorreu da decisão e fala em "indícios de avaliação tendenciosa".

-PUB-

A Filandorra ficou de fora do programa de apoios do Ministério da Cultura para os próximos quatro anos. Uma decisão que deixou a companhia de teatro “em choque” e coloca em risco “cerca de 13 postos de trabalho”.

Em 100 pontos, a Filandorra terminou com uma pontuação de 74,02. Do lado do ministério e da DGartes, o facto de ter ficado excluída dos apoios deve-se ao facto de “ter sido esgotado o montante global disponível para a modalidade de apoio em causa”.

O motivo não convenceu David Carvalho, diretor da Filandorra que, à VTM, adiantou que “recorremos da decisão e estamos, neste momento, em audiência de interessados. Dos documentos a que tivemos acesso, há, claramente, indícios de avaliação tendenciosa”.

Depois do anúncio feito pela DGartes, a Filandorra suspendeu, provisoriamente, os ensaios finais da produção “O Cerejal”, de Anton Tchekhov, e distribuiu aos atores com carácter de prioridade o poema Sísifo de Miguel Torga, “texto de suporte a um sucedâneo de manifestações de protesto público junto da Assembleia da República, Palácio Nacional da Ajuda, Palácio de São Bento – Residência Oficial do Primeiro Ministro e Palácio de Belém – Residência Oficial do Presidente da República que a Companhia vai realizar nos próximos dias”.

Notícia desenvolvida na edição de 7 de dezembro

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.