Terça-feira, 23 de Julho de 2024
No menu items!

[adrotate group="20"]

Futebol atrai cada vez mais meninas

Longe vão os tempos em que jogar à bola era só para rapazes. Os tempos são outros e as raparigas querem conquistar um lugar ao sol. Claro que as disparidades ainda são enormes, mas as meninas querem mostrar que também têm valor. A VTM visitou o Abambres SC e o SC Vila Real, clubes que recebem jogadoras de toda a região que demonstram “muita vontade” de chegar ao topo

-PUB-

Aos poucos já se vão sentido ventos de mudança, pois há cada vez mais jogadoras a praticar futebol e futsal. Aliás, segundo dados oficiais da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o número de jogadoras federadas ultrapassou, pela primeira vez ,as 13 mil, no final de 2022, quando em dezembro de 2010 eram apenas 5.406 praticantes.

No distrito de Vila Real, ainda há poucos clubes com equipas femininas, mas os números de praticantes são animadores, com 290 jogadoras inscritas esta época. Mas o número ainda pode subir tanto no futebol como no futsal, uma vez que as inscrições continuam abertas.

SELEÇÃO NACIONAL

“É sempre bom ver o nosso trabalho reconhecido”
EVA CARREIRA
Abambres SC

No Abrambres, antes do treino (18h30) houve uma ação de formação, mas o que as meninas gostam é mesmo de jogar à bola e todas têm o mesmo sonho, chegar a um grande clube e à seleção nacional. Para umas ainda há muito caminho a trilhar, para outras já é uma realidade. Que o diga Eva Carreira, de 14 anos, que é frequentemente chamada aos treinos da seleção de sub-15. “É sempre bom ver o nosso trabalho reconhecido. Quando sou convocada para a seleção sinto-me feliz e espero voltar lá mais vezes”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

[adrotate group="24"]

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

MAIS ARTIGOS

VÍDEOS

[adrotate group="19"]

[adrotate group="2"]

Mais lidas

[adrotate group="3"]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS | desporto

[adrotate group="16"]