Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

GCVR com 10 pódios no torneio Quinta da Lixa

O Ginásio Clube Vila Real (GCVR) participou no I Torneio Quinta da Lixa, competição dedicada às categorias de Cadetes e Infantis.

-PUB-

A prova realizou-se no dia 9, na Piscina Municipal de Felgueiras, e juntou 142 atletas em representação de nove clubes. O GCVR esteve representado por sete atletas, nomeadamente Beatriz Igrejas, Maria Braz, Leonor Silva, Miguel Carvalho, Miguel Encarnação, Lucas Ribeiro e Tiago Fernandes.

Os atletas do GCVR estiveram em excelente plano ao conquistar um total de 10 pódios, que permitiram alcançar o 6º lugar da classificação geral, com 119 pontos, contando ainda com cinco atletas premiados pela melhor performance de pontos obtida. Tiago Fernandes venceu a competição de Infantis A masculinos, Leonor Silva a competição de Infantis A femininos e Maria Braz foi 3ª classificada. Já Lucas Ribeiro ganhou a competição de Cadetes A masculinos e Miguel Carvalho foi 3º classificado em Infantis B masculinos.

Ao nível dos pódios, destaque para Leonor Silva, que venceu os 100 Livres e nos 200 Costas, para Tiago Fernandes, que venceu os 100 Livres e os 200 Bruços, para Lucas Ribeiro (em Cadetes) que venceu os 100 Livres e os 50 Bruços, para Maria Braz, 2ª classificada nos 100 e 200 Bruços, e para Beatriz Igrejas, 3ª nos 100 e 200 Mariposa. A destacar, ainda, Miguel Carvalho, 4º classificado nos 200 Livres e nos 100 Bruços, e Miguel Encarnação, que foi 4º e 5º nos 100 Costas.

Os nadadores do GCVR tiveram mais uma excelente prestação, apontando agora baterias para o Campeonato Nacional de Infantis, que realiza em Vila Nova de Famalicão, entre 22 e 24 de julho, prova que marcará o final da época.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.