Sábado, 4 de Dezembro de 2021
©DR

Joana Gonçalves com Top5 no Mundial de Enduro

A derradeira jornada decorreu em França no fim de semana

-PUB-

Joana Gonçalves repetiu o feito da época passada, no entanto este ano a competição contou com três jornadas de dois dias. Seis pontuações que colocaram a piloto portuguesa da Jetmar | Husqvarna Portugal entre as melhores pilotos mundiais.

A derradeira jornada do recém-criado Campeonato do Mundo de Enduro Feminino decorreu este fim-de-semana na comuna francesa de Langeac. Três dias de competição no sul de França – na sexta-feira todos os pilotos cumpriram a habitual Super Especial, pelo que nos dois dias seguintes, a organização preparou um traçado com cerca de 80 kms e três especiais de grande nível.

Na noite de sexta, Joana Gonçalves carimbou o 5º tempo da classe, diante do muito público presente. A Super Test contou com muitos obstáculos artificiais e veio a tornar-se bastante exigente. Já nos dois derradeiros dias de competição, a jovem portuguesa garantiu o 6º e 7º lugares respetivamente. Com estes resultados e em termos globais, a piloto Husqvarna repete o 5º lugar alcançado época transata.

“Apesar de ter sido um fim de semana positivo, a realidade é que vínhamos com a ambição de chegar ao 4º lugar, o que não veio a acontecer. Consegui bons tempos nas especiais, ali na primeira fase de um dos dias ainda estive na luta pelo pódio, mas infelizmente algumas quedas e azares, ditaram este resultado. Podemos tirar coisas muito positivas deste campeonato…experiência, um outro conhecimento dos mais variados tipos de especiais e uma sintonia fantástica com esta mota. Vamos continuar a trabalhar em busca dos próximos objetivos”, concluiu Joana Gonçalves.

Depois do mundial, a formação Jetmar e Joana Gonçalves começam já a preparar a próxima ronda do Campeonato Nacional de Enduro, a decorrer já nos próximos dias 19, 20 e 21 de novembro na cidade de Fafe.

Resultados prova e classificação geral: https://www.endurogp.com/2021-results/

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.