Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
Alegam que as varandas foram construídas ilegalmente | © DR

Moradores acusam câmara municipal de “não defender os seus direitos”

É o segundo caso do género que chega à redação da VTM. Construções alegadamente ilegais que colocam em causa a privacidade dos moradores.

-PUB-

Desta vez, a queixa chega da parte dos moradores do lote 40 da rua Nova da Veiga, junto às escolas Jerónimo Amaral. Em causa, a construção de um prédio (lote 39) que, segundo os moradores, deveria estar alinhado ao prédio já existente, o que não se está a verificar.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.