Domingo, 22 de Maio de 2022

Município aderiu ao programa “EUSOUDIGITAL”

Através da sua Biblioteca, o município de Montalegre aderiu ao programa “EUSOUDIGITAL” tornando-se, assim, no primeiro do distrito a fazê-lo

Esta adesão incluiu “a criação de um centro fixo a funcionar nas instalações da biblioteca municipal e um serviço móvel, através da biblioteca itinerante”.

O programa é gratuito e funciona com base “numa rede de voluntários com 1300 membros que ajuda pessoas com mais de 45 anos a adquirirem competências relativas à utilização da Internet”.

Neste contexto, “o objetivo do projeto passa pela criação de 1500 centros de aprendizagem por todo o país, permitindo que o mesmo chegue a um milhão de pessoas até ao final de 2023”.

Orlando Alves, presidente da câmara municipal, destacou a relevância do projeto no concelho. “Sentimos que uma parte significativa da nossa população está desfasada e dissociada das práticas e do envolvimento no recurso às novas tecnologias. Este é o caminho por onde toda a vida social, económica do país e do mundo se faz”.

Por conseguinte, “é importante saber dominar a internet, saber pegar num computador, tablet ou num próprio telemóvel e, a partir daí, estabelecer conexões com o mundo dos negócios, dos nossos afetos. Este é o mundo da digitalização”, frisou o autarca.

Rui Rodrigues, responsável pela abertura dos centros “Eu Sou Digital”, mostrou-se satisfeito pela adesão de Montalegre ao programa que ajuda “a combater a iliteracia digital. Queremos que todas as pessoas em Portugal tenham acesso à internet e consigam usufruir dos serviços. É um projeto importante, porque combate o isolamento ao mesmo tempo que une as comunidades”.

O “EUSOUDIGITAL” é um programa de capacitação digital de adultos que pretende ajudar um milhão de portugueses a dar os primeiros passos na internet através de uma rede nacional de “mentores” voluntários e com apoio de mais de 1500 centros que estão a ser criados em todo o país.

O programa é promovido pelo Governo e está inserido na Estrutura de Missão Portugal Digital, e no MUDA – Movimento pela Utilização Digital Ativa, sendo cofinanciado pelo Portugal2020 e pelo Fundo Social Europeu.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.