Segunda-feira, 26 de Julho de 2021
João Noronha
Presidente da Câmara Municipal de Ribeira de Pena

O Linho: para que uma das tradições do passado tenha futuro

Apesar dos tempos desafiantes em que vivemos, que nos obrigam a redefinir prioridades, importa que continuemos a empreender novos projetos que contribuam para o desenvolvimento e afirmação do território. A produção artesanal do linho faz parte da história de Ribeira de Pena, conferindo autenticidade e genuinidade à nossa terra. Contudo, é necessário adaptar o linho […]

-PUB-

Apesar dos tempos desafiantes em que vivemos, que nos obrigam a redefinir prioridades, importa que continuemos a empreender novos projetos que contribuam para o desenvolvimento e afirmação do território.

A produção artesanal do linho faz parte da história de Ribeira de Pena, conferindo autenticidade e genuinidade à nossa terra. Contudo, é necessário adaptar o linho a novas utilidades indo ao encontro das necessidades e desejos dos consumidores. Apostar na inovação e criar novos produtos que as pessoas valorizem. Urge olhar para esta matéria-prima de elevada qualidade e posicioná-la com credibilidade numa sociedade marcada pelo consumo imediato.

Hoje, procuramos dignificar e valorizar a produção artesanal do linho, apostando na versatilidade e na criação de novos produtos de qualidade que, aliando tradição e modernidade, abrem portas a novos mercados e a novas oportunidades de negócio para este setor tradicional.

E, neste sentido, já levamos a cabo dois desfiles sob o mote “O Linho está na moda” que procuram explorar, num olhar mais contemporâneo, a versatilidade do linho. Esta nova abordagem conduziu a uma colaboração com o reconhecido estilista de moda Christian Louboutin.

Neste momento, o concelho de Ribeira de Pena tem sete elementos do seu património cultural nomeados para as 7 Maravilhas da Cultura Popular, três dos quais relacionados com o Linho.

É este o nosso compromisso, afirmarmo-nos pela diferença e pela qualidade dos nossos produtos, pela redescoberta da tradição. Tradição e inovação é o binómio que mantém viva esta tradição ancestral que com a estratégia adequada e sustentada pode ter um protagonismo crescente na nossa encomia local e na projeção regional e nacional do concelho.

Mais Lidas | opinião

CPLP: Para que a queremos?

No rumo incerto

Residência alternada

Robert Schuman

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.