Sábado, 31 de Julho de 2021
UCC Mateus
Profissionais da UC Mateus escrevem regularmente neste espaço.

O sono…

“Não é por acaso que parte significativa dos ditados populares reforcem comportamentos promotores de saúde, reconhecendo a sua importância para o nosso bem-estar geral.

-PUB-

Afinal é a dormir que passamos cerca de um terço da nossa vida. Mas afinal, porque dormimos? O sono é um processo fisiológico natural, imprescindível a um desenvolvimento físico, mental e intelectual saudável. Corresponde a um período de diminuição do estado de consciência e da atividade física motora, tendo uma função regeneradora e de recuperação. Restabelecem-se vários sistemas e asseguram-se diversas funções essenciais ao crescimento, à regulação hormonal e do sistema imunitário, e ao desenvolvimento do sistema nervoso central e da capacidade cognitiva, consolida a memória, deixa a pele mais bonita e saudável, além de relaxar e descansar a musculatura. Durante o sono é filtrada toda a informação recebida e feita a integração das aprendizagens, retendo as memórias mais importantes. Dormir é essencial, mais ainda para as crianças e adolescentes. Não só porque necessitam de um maior período de sono, mas também porque a aquisição de bons comportamentos de sono na infância favorece a manutenção de um padrão de sono adequado na idade adulta. O período de tempo que durante um dia deverá ser dedicado ao sono vai alterando ao longo da vida.  Comportamento inquieto, instável, sonolência, diminuição da capacidade de atenção, dificuldades de memória e irritabilidade são alguns dos sintomas que se manifestam em pessoas que dormem pouco e inibem a sua disponibilidade para a aprendizagem. Se algum aspeto dos nossos hábitos de sono nos preocupa, se não descansamos o suficiente e nos sentimos cansados durante o dia, devemos procurar ajuda de um profissional de saúde. Depois de um período de sono adequado, não se esqueça da importância de um bom pequeno-almoço, que interrompa o período de jejum noturno e lhes forneça a energia necessária à sua atividade.

Mais Lidas | opinião

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.