Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021

Orlando Alves acredita que cogestão poderá resolver “problemas endémicos”

O presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, referiu que o Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) tem um “conjunto de problemas endémicos”, e que muitos deles resultam “da incompreensão dos residentes”. Por isso, “acredito que a cogestão é a solução”.

-PUB-

O autarca lembra que “os maiores problemas são os incêndios, a insensibilidade, a pressão e os prejuízos que os visitantes lhe colocam. Estas questões, associadas à segurança, estão em cima da mesa para serem trabalhadas”, disse, criticando o facto de o parque não ter uma presença física no território. “Não faz qualquer sentido o parque não ter cá uma direção e estar a ser gerido pelas mesmas cabeças que gerem os parques espalhados pelo país”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.