Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024
No menu items!

Peso da Régua assinalou dia dedicado às pessoas portadoras de deficiência

“Se eu Fosse…” foi o mote para técnicos, utentes das IPSS`s e elementos da comunidade, que participaram no World Café, organizado no âmbito da comemoração do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, no Auditório Municipal do Peso da Régua.

-PUB-

Na sessão de abertura, Eduardo Pinto, vereador da Câmara Municipal do Peso da Régua, destacou a importância deste tipo de iniciativas, considerando ser necessário dar voz a quem, no dia a dia, sente a dificuldade da “diferença”.

Pedro Ribeiro, presidente da ACIR, referiu que os comerciantes locais “são cada vez mais sensíveis à inserção profissional das pessoas com deficiência e que existem no concelho vários casos de sucesso”.

Viviana Machado, técnica do Centro de Emprego de Vila Real, sublinhou as várias medidas no âmbito da reabilitação, destacando o trabalho promovido pelo Centro de Recursos levado a cabo pela Associação 2000 de Apoio ao Desenvolvimento – A2000 e a Associação da Região do Douro para Apoio a Deficientes – ARDAD.

A tarde prosseguiu com a dinâmica World Café, em que os presentes responderam ao desafio de se “colocarem no lugar do outro”, refletindo de forma profícua sobre as temáticas da empregabilidade, ação social, saúde, acessibilidades e educação/formação.

Esta ação foi promovida pela Rede Social do Peso da Régua, em parceria com a Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião e Mesão Frio – ACIR, a Associação da Região do Douro para Apoio a Deficientes – ARDAD e a Associação 2000 de Apoio ao Desenvolvimento – A2000.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.