Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
© Márcia Fernandes Moradores da Ferraria estão "revoltados"

População da Ferraria reivindica integração total na freguesia de Sedielos

A parte urbana da aldeia pertence a Sedielos e a zona rural à UF de Moura Morta e Vinhós. Presidente da autarquia referiu que há uma técnica que irá fazer a delimitação da área para se submeter o processo na Assembleia da República

-PUB-

A população da Ferraria, no concelho de Peso da Régua, está revoltada e reivindica a integração total da aldeia na freguesia de Sedielos. A parte urbana (casas) está incluída em Sedielos e a rústica (terrenos) pertence à União de Freguesias (UF) de Moura Morta e Vinhós.

O caso remonta ao longínquo ano de 1933 quando a 11 de dezembro foi criada a Freguesia de Vinhós, que ficou com várias localidades ali à volta.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.