Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Projeto que junta arte e solidariedade apresentado em caminhada no Douro

Combater a exclusão social através de programas de expressão artística é o propósito do projeto que a Associação Bagos D’Ouro vai implementar este ano junto de crianças e jovens de seis concelhos do Douro 

O projeto, denominado “Faz Parte!”, irá chegar, este ano, aos concelhos que já contam com o trabalho da Bagos D’Ouro (Alijó, Armamar, Murça, Sabrosa, São João da Pesqueira e Tabuaço), através de um conjunto de atividades artísticas direcionadas aos mais novos e divididas em três grandes programas: exploração da natureza e do património, intervenções em espaço público e, por último, ilustração e desenho.

Em comunicado, a associação revela que a missão da Bagos D’Ouro “é apoiar crianças e jovens da região do Douro em situação de carência económica, trabalho que desenvolvem há mais de 10 anos. O acompanhamento no percurso escolar “é o principal foco da Associação, que vai agora juntar o trabalho da expressão artística como forma de combater a exclusão social”, acrescenta a nota de imprensa.

As atividades promovidas pelo “Faz Parte!” vão pôr as crianças em contacto com uma extensa equipa de artistas, educadores artísticos, mediadores e técnicos culturais. Para lhes dar a conhecer o Douro de forma mais aprofundada, a Bagos D’Ouro começou por organizar uma caminhada de reconhecimento da região, no concelho de Tabuaço. Orientado pela equipa do Museu do Douro, o percurso permitiu não só imergir na icónica paisagem do Douro, mas também desvendar as suas particularidades, vivência e história.

Maria Inês Taveira, coordenadora Geral da Associação Bagos D’Ouro, explica que estamos numa região onde o “acesso à arte não é tão imediato, facilitado ou abundante, tanto ao nível dos equipamentos culturais como ao nível educativo, já que a oferta de áreas artísticas especializadas não é comum a todas as escolas”. No entanto, acredita que o ‘Faz Parte’ será um “complemento positivo para que os mais novos não só conheçam os artistas e as suas expressões, como integrem a criação de obras que serão partilhadas com a comunidade”.

Depois do reconhecimento feito, será a partir de abril e durante 12 meses que serão realizadas oficinas artísticas destinadas a promover o desenvolvimento educativo e pessoal das crianças e jovens abrangidos, contribuindo também para o seu envolvimento social, já que várias atividades irão culminar em exposições e espetáculos abertos à comunidade. Para além disso, serão feitos melhoramentos e intervenções em espaços públicos como a pintura de murais ou a reconversão de espaços de uso público em lugares lúdicos dedicados às crianças.

O projeto “Faz Parte!” é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE) e pela iniciativa Portugal Inovação Social.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.