Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Proposta de fecho da Urgência preocupa aguiarenses

A edilidade pediu uma reunião ao titular da pasta da Saúde, para abordar a proposta da Rede de Urgências, face ao eventual encerramento da Urgência do Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar.   A eventualidade do Serviço de Urgência do Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar poder vir a encerrar causou […]

PUB

A edilidade pediu uma reunião ao titular da pasta da Saúde, para abordar a proposta da Rede de Urgências, face ao eventual encerramento da Urgência do Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar.

 

A eventualidade do Serviço de Urgência do Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar poder vir a encerrar causou “perplexidade e preocupação” à edilidade, uma vez que a referida unidade “é das que tem melhores condições, ao nível dos Centros de Saúde do Interior Norte”.

A possibilidade do encerramento surge na proposta do Governo para a Rede de Urgências que se encontra em discussão pública, com critérios de avaliação em que, segundo o autarca Domingos Dias, não são levados em conta alguns factos relevantes, como “as estradas com traçado de montanha e rigorosas condições climatéricas, em que a velocidade tem de ser reduzida, num tempo médio entre a origem e o atendimento, muito superior ao estipulado”.

Após conhecimento da proposta da Rede de Urgências do Ministério da Saúde, a Câmara Municipal pediu, de imediato, uma audiência ao titular da pasta, Correia de Campos, a quem foi enviado um estudo, onde se constata que as localidades mais sinuosas e afastadas da sede de concelho, casos de Parada de Monteiros (30 Km) Vales (29 Km) ou Monteiros (28 Km), entre outras, em que a população, maioritariamente idosa, seria muito afectada. Foi aprovada, na reunião de Câmara, uma moção, por unanimidade, contra o encerramento.

As Urgências do Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar atendem, em média, 73 utentes por dia, servindo, também, o concelho vizinho de Ribeira de Pena que não tem aquele serviço nocturno. O facto de o Município aguiarense ser um encontro de estradas e ter uma forte dinâmica, na indústria extractiva, aumenta os perigos de acidentes. A ser aprovada a proposta, tal como está apresentada, o concelho será “altamente penalizado e vítima de discriminação negativa”, concluiu o autarca, Domingos Dias.

 

João Cláudio

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.