Segunda-feira, 12 de Abril de 2021
©DR

Protocolo entre Freguesia e ACES para cedência de instalações

A Junta de Freguesia de Vila Real firmou um protocolo de cooperação com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Douro 1 - Marão Douro Norte, com o objetivo de utilização das instalações do polo de São Pedro para o funcionamento da Equipa Local de Intervenção Precoce na Infância.

Constituída por educadores de infância, enfermeiros, médicos de família e pediatras, assistentes sociais, psicólogos, terapeutas, entre outros profissionais, esta equipa multidisciplinar “irá utilizar aquele polo, duas vezes por semana, para prestar apoio a crianças até aos seis anos, com alterações ou em risco de apresentarem alterações nas estruturas ou funções do corpo, bem como às suas famílias”.

O objetivo passa por “garantir a participação e inclusão social atual e futura destas crianças”, revela a junta de freguesia em comunicado.

Gabriel Martins, diretor executivo do ACES Douro 1 – Marão Douro Norte, considera que “a cedência deste espaço vai permitir melhores condições para o desenvolvimento da atividade desta equipa multidisciplinar, que aqui também encontra um espaço de maior proximidade”.

Para Francisco Rocha, presidente da Junta de Freguesia de Vila Real, este protocolo “vem reforçar o papel central das autarquias locais nas questões da saúde e da sua ligação à comunidade, que ficaram ainda mais evidentes neste contexto de pandemia”.

Acrescentou ainda que “disponibilizar este espaço para esta atividade que se revela essencial no apoio a crianças, e suas famílias, com alterações de desenvolvimento é mais um contributo para robustecer o conceito de ‘motor de cidadania’, que a Freguesia de Vila Real assume com orgulho”.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.