Sexta-feira, 7 de Maio de 2021
©DR

Restaurantes e cafés passam a poder funcionar até às 22h30

Restaurantes, cafés e pastelarias vão poder estar abertos até às 22:30 a partir de sábado, anunciou hoje o primeiro-ministro.

O anúncio foi feito por António Costa esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros que decidiu eliminar a restrição horária que estava prevista terminar segunda-feira.

“No próximo dia 1 de maio passamos à nova fase do plano de desconfinamento”, referiu o primeiro-ministro, detalhando que os restaurantes, cafés e pastelarias “passarão a funcionar, quer durante a semana, quer aos fins de semana, até às 22h30”, com os clientes a poderem estar tanto no interior como nas esplanadas.

Com esta nova fase, os limites de pessoas por mesa, nestes estabelecimentos, aumenta para grupos de seis no interior e de dez pessoas nas esplanadas.

Também a partir do próximo sábado, os casamentos e batizados podem realizar-se com um máximo de 50% de lotação dos espaços onde decorram.

Lojas e centros comerciais

A generalidade dos estabelecimentos e centros comerciais vão poder ficar abertos até às 19h00 aos fins de semana e feriados e o novo horário aplica-se já a partir deste sábado.

Depois de o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ter decretado o fim do estado de emergência, o Governo decidiu, esta quinta-feira, decretar situação de calamidade a partir de sábado.

Além do alargamento do horário aos fins de semana, as lojas e os centros comerciais passam também a poder estar abertos até às 21h00 durante a semana. Este novo horário semanal permitirá que possam ser vendidas bebidas alcoólicas até essa hora.

Contudo, António Costa sublinhou que “continuará a vigorar a proibição de consumo na via pública” bem como a proibição de nos restaurantes e similares haver serviço de bebidas alcoólicas fora das refeições, “de forma a não transformar esses estabelecimentos em bares – atividade que se mantém encerrada neste momento”.

Desporto

“A prática de todas as modalidades desportivas passa a estar permitida, bem como toda a atividade física ao ar livre e os ginásios podem funcionar com aulas de grupo, observando as regras de segurança e higiene”, lê-se numa nota publicada website “Covid-19 Estamos On”.

As modalidades de alto risco de contágio, por “implicarem contacto face a face”, incluem o boxe, jiu jitsu, judo, kickboxing e muaythai, lutas amadoras ou o râguebi, entre várias vertentes de outras modalidades, da ginástica à patinagem, taekwondo, várias artes marciais ou a dança desportiva.

Recorde-se que Portugal entrou em estado de emergência a 9 de novembro.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.