Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Vinhos do Porto e Douro querem conquistar mercado brasileiro

Forte presença no Vinhos de Portugal no Brasil e várias ações de formação em escolas de hotelaria do Rio de Janeiro e São Paulo

O Plano de Promoção e Internacionalização dos Vinhos do Douro e Porto dedica no mês de junho um especial destaque ao mercado brasileiro, com várias ações de formação e a participação na conceituada iniciativa Vinhos de Portugal no Brasil, que se tem mostrado essencial para abrir as portas do vasto mercado brasileiro aos vinhos nacionais, em geral, e aos do Porto e Douro em particular.

Esta especial atenção dedicada ao Brasil prende-se com o excelente comportamento das exportações para aquele país lusófono, que ocupa o quarto lugar no ranking das exportações de vinhos portugueses. Gilberto Igrejas, presidente do Instituto dos Vinhos do Porto e Douro, IP (IVDP), vê no Brasil “um mercado estratégico, não só pela sua dimensão, mas pelo perfil do consumidor, que mostra uma especial apetência por experiências novas e enriquecedoras, o que representa uma oportunidade para a contínua aposta na valorização do produto”. Em 2021, as exportações de vinhos da Região Demarcada do Douro para o Brasil representaram 13% do valor global das exportações de vinhos portugueses para este mercado, num total de cerca de 10 milhões de euros.

O IVDP leva até ao evento 36 produtores, o que significa a maior representação desde a I edição, que data de 2014. De 3 a 5 de junho, no Rio de Janeiro, e de 9 a 11 de junho, em São Paulo, serão desenvolvidas dezasseis diferentes atividades pelo IVDP, tendentes a mostrar toda a polivalência e versatilidades dos vinhos da região duriense, possibilitando a prova de vinhos de excecional qualidade.

“O fascínio do Vinho do Porto” e “Douro, a nova face de uma região secular” serão as duas provas especiais que terão lugar nestas cidades brasileiras, conduzidas pelo reconhecido jornalista e especialista de vinhos Manuel Carvalho, dando ênfase à autenticidade e qualidade dos vinhos da mais antiga região demarcada do mundo. A edição deste ano será a maior de sempre, daquele que na fileira é considerado por muitos como o maior evento de vinhos portugueses para consumidores no estrangeiro.

Quanto às ações de formação de Vinho do Porto dirigidas a profissionais e a formandos elas decorrem em alguns dos mais importantes polos de formação do Brasil, como o conceituado Le Cordon Bleu e diferentes polos do SENAC. Um total de seis sessões com mais de trinta referências de vinhos do Porto, tendo em vista a formação de 100 profissionais daquele país.

O IVDP tem em curso um programa vasto de formação na área do vinho do Porto em escolas de hotelaria e turismo, para aumentar o conhecimento sobre a história do Vinho do Porto, melhorar a qualidade de serviço, prestar esclarecimentos sobre harmonizações e outras questões que são essenciais para que os vinhos possam ser usufruídos com moderação em toda a sua plenitude.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.