Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
No menu items!




Viticultores preocupados com uvas “sem destino”

“Não temos alternativa senão confirmar que na próxima vindima não poderemos receber as uvas da sua exploração sita na região de Trás-os-Montes”. É assim que termina uma carta enviada, no início do ano, pela Sociedade dos Vinhos Borges a dezenas de viticultores. Em causa está a mudança de localização do centro de vinificação desta empresa que, por agora se situar em Sabrosa, pertence à Região Demarcada do Douro (RDD).

-PUB-

Com esta alteração, o IVDP (Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto) anunciou, com base no Decreto de Lei nº 191/2002, que é proibida a entrada de “quaisquer mostos, uvas e vinhos não engarrafados oriundos do exterior da RDD”. E, assim, estes produtores ficam sem saber “onde colocar as uvas”, que são o seu rendimento.

Foi este o mote que levou mais de 30 viticultores a reunirem-se com o presidente da

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

[adrotate group="24"]

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS




Mais lidas

[adrotate group="3"]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS