Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

X Open de Corroios

Localizado num espaço aprazível, uma verdadeira janela aberta para o rio Tejo, junto ao Sapal de Corroios (Seixal), o Complexo de Ténis do Clube Recreativo e Desportivo Brasileiro Rouxinol foi palco do X Open de Corroios (6000€), torneio integrado no Circuito FPT / CIMA. Rapidamente, e sem lugar a grandes minudências, foi de má fortuna […]

Localizado num espaço aprazível, uma verdadeira janela aberta para o rio Tejo, junto ao Sapal de Corroios (Seixal), o Complexo de Ténis do Clube Recreativo e Desportivo Brasileiro Rouxinol foi palco do X Open de Corroios (6000€), torneio integrado no Circuito FPT / CIMA.

Rapidamente, e sem lugar a grandes minudências, foi de má fortuna o quadro com que foram “presenteados” os dois atletas da AAUTAD (in foto de arquivo) que marcaram presença nesta prova.

Hugo Spratley foi “brindado” logo na ronda inaugural por uns concludentes 6/2 e 6/0 aplicados por João Ferreira do CT Faro,… nº 2 do ranking nacional!

A seguir, Duarte Costa ainda aproveitou o facto do seu oponente inicial ter vindo do qualifying (venceu o atleta do AM Portela e nº 117 FPT, Paulo Brás por 7/6, 6/3), mas depois foi batido, naturalmente (6/1, 6/4) pelo representante do Ace Team, Tiago Godinho, que na hierarquia lusa é o… nº 3!

“Assim acontece”, diria o conhecido jornalista Carlos Pinto Coelho.

Finais:

Frederico Gil (CETO / nº 169 ATP) vs Hugo Anão (Ace Team / nº 1 FPT) – 6/1, 6/1

Neuza Silva (CT Setúbal / nº 196 WTA) vs Magali de Lattre (CT Sassoeiros / nº 724 WTA) – 6/3, 7/5

 

Campeonato nacional absoluto

O Clube de Ténis do Estoril e os seus courts de terra-batida vão voltar a acolher (dias 3 a 9 de Setembro) o Campeonato Nacional Absoluto de Ténis, prova dotada de um “apetitoso” prize-money de 25 mil euros, que conta com o apoio da CIMA, Junta do Turismo da Costa do Estoril e da Câmara Municipal de Cascais.

Nesta competição, o único representante da AAUTAD e nº24 FPT, Duarte Costa, (que não logrou entrar no quadro principal) apesar de designado como primeiro cabeça-de-série do qualifying, foi afastado prematuramente (ai, ai, o pó-de-tijolo!) por João Moura Silva (ET J. Caldeira / nº 153) pelos parciais de 6/3 e 7/6 (3).

Apesar deste desaire inesperado, o jovem atleta da secção de ténis da academia continuará certamente na persecução de objectivos maiores. Aproveitando o clima de festividades do centenário nascimento de Miguel Torga, e fazendo fé no verbo do poeta transmontano, “Em qualquer aventura, o que importa é partir, não é chegar”.

 

rodin@portugalmail.pt

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.