Sábado, 4 de Dezembro de 2021
Nuno Gonçalves foi eleito para o terceiro mandato | © DR

“As leis do Terreiro do Paço são o espelho do desconhecimento do território”

As palavras são de Nuno Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo. Proferiu-as no seu discurso de tomada de posse, depois de admitir que são necessárias algumas mudanças.

-PUB-

“O país precisa de uma reforça constitucional e de reformas legislativas, a começar pela lei dos eleitos locais. Passou-se dos 80 para o oito. Temo que, no nosso território, seja cada vez mais difícil fazer uma lista, quanto mais duas ou três e com isso perde a democracia, perdem os cidadãos e perde o país”, referiu, vincando que “as leis do Terreiro do Paço são o espelho do desconhecimento do território nacional. A descentralização ainda não funcionou e os pacotes financeiros tardam em chegar”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.