Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
@ DR

Aumento de 30% em resíduos reciclados

O projeto “Floresta Eco-Geração Murça”, que vai na sua terceira edição e conta com o envolvimento dos jovens do concelho, desenvolveu, recentemente, uma ação de sensibilização em parceria com a Resinorte, com o objetivo de envolver a população no desenvolvimento de melhores práticas ambientais

-PUB-

O auditório dos Paços do Concelho foi o palco escolhido para essa ação, onde os jovens voluntários trocaram ideias com os técnicos e colaboradores do município da área do ambiente.

Em comunicado, a autarquia explica que “foram comunicadas e discutidas questões acerca do processo de reciclagem no concelho de Murça e na região, bem como as suas mais-valias económicas e ambientais, alertando-se para a necessidade de alterar comportamentos individuais e coletivos em defesa do ambiente. Foram descritas, ainda, novas formas de recolha de resíduos, tecnologicamente avançadas, que podem ser implementadas para permitir processos mais rápidos e eficientes”.

Na mesma nota, o município referiu que foi feita uma outra ação de sensibilização, no dia em que se realizou a feira quinzenal, “havendo contacto direto com a população, a quem foi distribuído diverso material informativo”.

“Procurou-se consciencializar as pessoas para a responsabilidade que cada um tem a nível de boas práticas ambientais”, lê-se ainda.

Estas ações enquadram-se no programa de política ambiental da autarquia. No último ano, o concelho registou um aumento de 60 toneladas de resíduos reciclados, em comparação com o ano anterior, o que constitui uma variação positiva de aproximadamente 30 por cento.

“Para estes dados contribuíram, em grande parte, o reforço de ecopontos no concelho, a instalação de um descompactador de cartão e as várias ações de sensibilização da população”, conclui a autarquia.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.