Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022

Autarquia dá nome de Pires Cabral ao Grémio Literário

A Câmara de Vila Real vai homenagear, na sexta-feira, o escritor António Manuel Pires Cabral, atribuíndo o seu nome ao Grémio Literário Vila-Realense.

-PUB-

O anúncio foi feito esta terça-feira, com o município a lembrar que “Pires Cabral foi o grande impulsionador e dinamizador deste equipamento”.

“Foi o responsável, ao longo de quase duas décadas, pela divulgação de escritores transmontanos e durienses, que é uma das missões do Grémio Literário”, explica Mara Minhava, vereadora da cultura, acrescentando que “o escritor transformou o Grémio Literário Vila-Realense num verdadeiro Observatório da Literatura Transmontana Duriense”.

Mara Minhava salienta que “ao longo de mais de 45 anos, o doutor Pires Cabral tem feito um trabalho dedicado e empenhado ao serviço da cultura e dos vila-realenses”, pelo que “fez-nos todo o sentido atribuir o seu nome ao Grémio”.

De recordar que António Manuel Pires de Cabral nasceu a 13 de agosto de 1941 em Chacim, concelho de Macedo de Cavaleiros, mas vive em Vila Real.

Licenciado em Filologia Germânica, venceu os prémios Círculo de Leitores de 1983 com o romance “Sancirilo”, em 2006 foi distinguido com o prémio D. Dinis, atribuído pela Fundação Casa de Mateus e, em 2021, venceu o Grande Prémio de Conto 2010 da Associação Portuguesa de Escritores (APE) com o livro “O Porco de Erimanto”, editado pela Cotovia.

É autor de várias obras literárias de poesia, conto, romance e teatro, sendo que, atualmente, concilia a escrita com o trabalho no Grémio Literário de Vila-Realense.

António Pires Cabral será homegeado na sexta-feira, dia em que se assinala o 16º aniversário do Grémio Literário.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.