Sábado, 16 de Outubro de 2021
Barroso da Fonte
Escritor e Jornalista. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Bispo auxiliar do Porto em nome da diocese de Chaves (1)

Por nota oficial da Nunciatura Apostólica de 18 de Fevereiro último, foi nomeado bispo auxiliar do Porto, D. Pio Alves de Sousa. Sucede que para concretizar esta nomeação e por não existir vaga na diocese do Porto, o Papa Bento XVI teve de proceder àquela nomeação, através da figura de Bispo titular da Diocese Aquae Flaviae que existiu anteriormente à nacionalidade Portuguesa, no tempo do Bispo Idácio, único titular da cátedra Flaviense, nos anos 427-462. O estatuto da diocese de Chaves nunca mais teve bispos residentes. Mas, desde essa altura (1.549 anos depois), tal estatuto ainda tem servido, como no caso presente, para ser usado como bispo auxiliar do Porto e titular de Aquae Flaviae. Desde 1960 já foram nomeados bispos auxiliares de oito dioceses, nove bispos titulares de Aquae Flaviae, o último dos quais, D. Anacleto Cordeiro Gonçalves de Oliveira (2005-2010), que trabalhou em Lisboa.

-PUB-

Antes dele e desde 1960 houve mais os seguintes: D. Lino Aguirre Garcia (1960-1970), como emérito de Culiacán, Sinaloa (México); D. Rubén Buitrago Trujillo, OAR (1971-1974), como bispo auxiliar de Bogotá, (Colômbia); D. Stephen Naidoo, CSSR (1974-1984), bispo auxiliar de Cape Town, (África do Sul); D. Edouard Mununu Kasiala, OCSO, (1984-1986), bispo auxiliar de Kikwit, (Congo); D. Luís Augusto Castro Queiroga (1986-1998), Vigário Apostólico de San Vicente-Puerto Leguízamo (Colômbia); D. Vicente Costa (1998-2002), Bispo auxiliar de Londrina (Brasil – cidade do Amazonas, que, por proposta do signatário desta nota, celebrou geminação com Guimarães, em 22/4/1986); D. Manuel da Rocha Felício (2002-2004), bispo auxiliar de Lisboa, e bispo da Guarda; e, como acima se diz, D.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas | opinião

O povo é quem mais ordena

Sobre a ferrovia em Trás-os-Montes

Ferrovia Boas Notícias

E agora?

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.