Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

“Criamos condições para o ensino se cada vez melhor”

Sediado em Torre de Moncorvo, o Agrupamento de Escolas Dr. Ramiro Salgado agrega todos os níveis de ensino, desde o pré-escolar até ao 12º ano, dispondo ainda, no âmbito do ensino secundário, da via profissionalizante.

É uma instituição que ambiciona afirmar-se como “uma referência e um dispositivo para a construção contínua da qualidade das escolas que o integram”, tendo como principais eixos do programa educativo “a promoção do sucesso escolar, a diminuição do abandono escolar, a aposta na melhoria qualitativa das aprendizagens e o reforço da partilha, colaboração e parceria entre todos os atores educativos, nomeadamente os stakeholders internos e externos à comunidade escolar”. Para que estes objetivos se cumpram, Luís Rei, diretor, considera que também é fundamental “proporcionar condições adequadas às práticas de ensino”, destacando as obras de requalificação na escola sede que estarão concluídas entre setembro e outubro, e que “vão melhorar o ambiente de trabalho dos alunos, professores e funcionários”.

Quanto à oferta formativa, destaca-se a aposta nos cursos profissionais relacionados com a vertente tecnológica, como o Técnico de Mecatrónica ou Técnico de Instalações Elétricas, que está a terminar este ano. A aposta nestas áreas “é já uma tradição que vem da antiga Escola Comercial e Industrial e enquadra-se na realidade do nosso concelho. É raro o mês em que não somos sondados por grandes empresas, como a Altice e a EDP, a solicitarem alunos que possam integrar os seus quadros”, refere o responsável. No ano letivo 2022/2023, para além dos cursos científico-humanísticos (Ciências e Tecnologias e Línguas e Humanidades), vão abrir turmas para os cursos profissionais de Técnico de Mecatrónica e Técnico de Turismo Ambiental e Rural.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.