Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Dois homens acusados por limpeza florestal que causou um fogo

Dois homens foram constituídos arguidos por alegadamente terem originado um incêndio quando procediam à limpeza de uma área florestal, no concelho de Mirandela, informou hoje a GNR

De acordo com aquela força de segurança, os dois homens, de 49 e 60 anos, foram identificados pelo Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Mirandela, no sábado, na sequência de um alerta para um incêndio neste concelho do distrito de Bragança.

Os militares da GNR apuraram que os suspeitos estariam a fazer a limpeza de uma área florestal com recurso à queima para destruir os sobrantes.

Segundo a fonte, a queima dos amontoados de resíduos florestais ter-se-á descontrolado e originado um incêndio que consumiu “cerca de um hectare de área florestal”, e obrigou à intervenção dos bombeiros voluntários de Mirandela.

A GNR apreendeu “diverso material utilizado para a limpeza da área florestal”, os dois homens foram constituídos arguidos pelo crime de incêndio florestal e os factos comunicados ao Tribunal de Mirandela.

A Guarda lembra, em comunicado, que “as queimas e queimadas são das principais causas de incêndios em Portugal”. A realização das mesmas e de fogueiras, como salienta, é proibida “sempre que se verifique um nível de perigo de incêndio rural “muito elevado” ou “máximo”, como aconteceu no fim de semana da Páscoa devido à subida da temperatura.

A GNR sublinha ainda que, mesmo em períodos sem esta agravante, a realização de queimas e queimadas está sempre “dependente de autorização ou de comunicação prévia” às autoridades.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.