Quinta-feira, 28 de Outubro de 2021
© ARQUIVO VTM

Feira de Teatro invade a vila

Freixo de Espada à Cinta vai receber, pela primeira vez, uma Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas. O evento, que decorre de 2 a 4 de setembro, será um ponto de encontro para criadores de artes cénicas

-PUB-

Com 19 companhias de teatro já confirmadas, durante três dias, a vila manuelina de Freixo irá contactar com artistas de renome internacional e ter acesso, em primeira mão, e de forma gratuita, a antestreias, criações e espetáculos.

Segundo Moncho Rodriguez, diretor da Associação Artística e Cultural Malazartes e mentor do projeto, “neste espaço vai caber tudo. Do tradicional ao moderno, a Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas vai abrir portas aos negócios, aos encontros, aos espetáculos, às oficinas, às criações, aos cursos, à fantasia”.

A Feira, que privilegia o público infantojuvenil e o público sénior, pretende promover o território e sinalizar Freixo de Espada à Cinta como um lugar de referência artística a nível internacional. O projeto incentiva, ainda, o envolvimento de professores e educadores nos processos criativos, abrindo espaço para as residências de criações artísticas.

A potencialidade de Freixo não passou despercebida à organização da 24.ª Feira de Teatro de Castilha e Leão, que decorre até 28 de agosto em Ciudad Rodrigo, associando-se ao projeto português, em regime de parceira.

A Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas conta com o apoio do Ministério da Cultura português e da AC/E espanhola.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.