Terça-feira, 27 de Julho de 2021
©Arquivo/VTM

Festival itinerário leva espetáculos às cidades da Régua, Matosinhos e Braga

São 81 espetáculos, divididos por três cidades, durante três fins de semana. O festival "Entre Cidades" decorre entre 15 de maio e 18 de julho.

-PUB-

O Festival Entre Cidades vai decorrer em três fins de semana de maio a julho. São 81 espetáculos de música, poesia, dança e teatro, gratuitos e ao ar livre, nas cidades de Peso da Régua, Matosinhos e Braga.

Em comunicado, a organização explica que o evento resulta “da união de esforços de municípios, associações, profissionais de cultura, instituições públicas e privadas e artistas numa lógica descentralizadora, criando uma sinergia entre Matosinhos, Peso da Régua e Braga, privilegiando o património natural, cultural e artístico dos três territórios para usufruto dos públicos do norte do país”.

O festival arranca a 15 e 16 de maio, nas três cidades, com 27 espetáculos distribuídos pelos dois dias. Seguem-se os fins de semana de 19 e 20 de junho e 17 e 18 de julho nos quais ocorrem os itinerários de partilha cultural, com a programação a rodar pelas três cidades, ou seja, cada conjunto de 27 espetáculos viaja para a cidade seguinte.

Para se perceber, no fim de semana de 19 e 20 de junho os artistas de Matosinhos vão a Braga, os de Braga vão à Régua e Matosinhos recebe os artistas da Régua. No fim de semana de 17 e 18 de julho os da Régua vão para Braga, os Braga vão a Matosinhos e os de Matosinhos vão à Régua.

Em Peso da Régua os espetáculos vão ter como palcos o Jardim do Museu do Douro, o Anfiteatro Exterior da Biblioteca Municipal, a Ecopista Ribeirinha e o AUDIR – Auditório Exterior.

A entrada é livre em todos os espetáculos, mas o acesso será limitado ao número de espectadores permitido por recinto.

Este evento acontece com a ajuda da Saco Azul Associação Cultural/Maus Hábitos, da Cosmic Burger de Braga e do Club de Vila Real.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.