Domingo, 28 de Novembro de 2021
Fernando Queiroga
Presidente da Câmara Municipal de Boticas

Homenagem aos nossos heróis

Vivemos tempos difíceis. Atípicos. Enfrentamos a maior crise de Saúde Pública de que há memória. Com força, persistência e resiliência típicas deste povo que já enfrentou os desafios mais difíceis e que não nos impediram de dar novos mundos ao Mundo.  Hoje, como ontem, volta a ser tempo de heróis. Daqueles que na linha da […]

-PUB-

Vivemos tempos difíceis. Atípicos. Enfrentamos a maior crise de Saúde Pública de que há memória. Com força, persistência e resiliência típicas deste povo que já enfrentou os desafios mais difíceis e que não nos impediram de dar novos mundos ao Mundo. 

Hoje, como ontem, volta a ser tempo de heróis. Daqueles que na linha da frente, de forma anónima, combatem todos os dias um inimigo invisível, que causa baixas apesar de todos os esforços e que obriga a mudar as regras do nosso dia-a-dia. Estarmos afastados e distantes não significa estarmos ausentes. Pelo contrário. Estamos mais próximos e mais perto do que nunca estivemos, porque nos une um objecivo comum, um sentimento único, uma vontade inexplicável e uma crença profunda de que em breve será possível voltarmo-nos a abraçar e a partilhar todo o afeto e o carinho que este tempo difícil nos roubou.

A Humanidade tem uma inegável capacidade de adaptação. Alteramos do avesso as nossas vidas. Mudámos procedimentos, regras, formas de estar. Adaptámo-nos às circunstâncias, implementámos novos modelos, testámos a nossa resistência e a nossa capacidade de sacrifício, alteramos metas e objetivos, encaramos de frente o desafio, com humildade, cautela e prudência, pensando apenas na saúde, no bem-estar e na proteção da nossa população, em especial dos que sozinhos são incapazes de o fazer. Porque acima de tudo estão as pessoas. 

No fundo, temos sabido honrar os nossos heróis. Os de ontem, dos manuais de História, e os de hoje. Os profissionais de saúde, os bombeiros, as forças de segurança, os Homens e as Mulheres que todos os dias lutam, com sacrifício, para que tenhamos uma vida normal e uma existência feliz, que é o que todos perseguimos. 

É este acreditar inabalável e esta vontade férrea que nos move e nos alimenta. É a melhor forma de homenagearmos e de continuarmos a fazer justiça aos nossos heróis.

Vamos todos ficar bem!

Mais Lidas | opinião

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.