Sexta-feira, 7 de Maio de 2021
©DR

Luís Nunes conquista triunfo nos Turismos na Rampa Pêquêpê Arrábida

Um triunfo "muito importante, mas difícil, num ano em que aponta ao tricampeonato nos Turismos".

Luís Nunes desenhou um grande início de época no evento de abertura do Campeonato Portugal de Montanha de 2021, a Rampa Pêquêpê Arrábida, ao vencer a categoria Turismos e a Divisão 1.

“Esta é a minha terceira vitória consecutiva na Arrábida com o Ford Fiesta ST R5+. Espero que a história se repita e signifique que no final do ano estou novamente a festejar a conquista do campeonato nos Turismos”, confessou o piloto.

Embora consciente da necessidade de ganhar ritmo e de evoluir o seu carro na ronda inaugural da época, rapidamente o piloto mostrou uma grande adaptação ao traçado durante o dia de sábado, e desde as subidas iniciais assumiu-se como o mais rápido da categoria, com destaque para o “tempo canhão” – 1m53.689s – na 1ª Subida Oficial. No entanto, no domingo, um problema no carro acabaria por colocar a equipa em alerta: “O Ford entrou em modo de segurança durante as duas Subidas Oficiais, o que condicionou totalmente o nosso desempenho. Um problema que a equipa fez tudo para solucionar. Agradeço-lhes muito todo o esforço e empenho, foram incansáveis”.

Apesar do sucedido, o tempo conjunto averbado nas duas melhores Subidas Oficiais – 3m51.959s – permitiu ao piloto vencer a categoria Turismos e a Divisão 1. “Pessoalmente, senti-me sempre bem e, sobretudo, mais confiante a cada quilómetro. Mas foi um fim de semana sofrido, em que felizmente conseguimos cumprir os objetivos traçados. Desse ponto de vista, foi um bom começo de ano e a melhor forma de agradecer a todos os meus parceiros o apoio e a confiança no projeto da equipa Nunes Sport. Espero que seja a primeira de muitas vitórias ao longo da época, mas que as próximas venham sem sustos”, brincou o piloto.

O próximo desafio da temporada é a Rampa Internacional de Boticas, dias 8 e 9 de maio, segunda ronda do Campeonato Portugal de Montanha de 2021.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.