Domingo, 14 de Agosto de 2022

Macedo de Cavaleiros com novo campo de padel

Obras avaliadas em cerca de 750 mil euros fazem parte de projeto global de requalificação e melhoria do concelho

-PUB-

A secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira, inaugurou, no sábado, o campo de padel e de basquetebol em Macedo de Cavaleiros, bem como a primeira fase do projeto Bicity, ciclovia urbana que irá ligar, posteriormente à ecovia que atravessa a antiga linha do Tua neste concelho transmontano. São quase 750 mil euros de investimento, dos quais cerca de 695 mil correspondem ao Bicity.

O presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues, referiu que este “é mais um fator diferenciador na cidade e que nos ajudam a criar mais e melhores condições para os nossos munícipes, proporcionando elementos para a prática desportiva e de lazer”.

A Fase 1 do projeto Bicity criou um percurso pedonal e ciclável, que passa pelo centro da cidade e núcleos envolventes, permitindo a aproximação entre zonas de fluxos diários significativos, como são os equipamentos escolares, desportivos, de lazer, polos de emprego e núcleos residenciais. A obra teve um custo global de 694.563,80 euros. “Estamos a terminar um conjunto significativo de obras, que procuram dar novas dinâmicas ao nosso território, fazer dele um polo de atração de mais população, nomeadamente a população jovem”, destacou o autarca, adiantando que estes projetos “são diferenciadores e capazes de gerar novas dinâmicas”.

Em breve, o autarca espera poder inaugurar vários outros projetos que estão praticamente concluídos e resultam de um investimento “muito significativo que este executivo tem vindo a fazer nos últimos cinco anos”.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.