Quinta-feira, 25 de Abril de 2024
No menu items!

Manutenção preventiva para prolongar a vida útil de um carro usado

Ser proprietário de um automóvel usado tem tanto de económico, como de compensador, particularmente quando o mesmo é devidamente estimado.A manutenção mecânica periódica de um veículo não só garante o seu bom funcionamento, como prolonga a sua durabilidade, permitindo-lhe poupar drasticamente a longo prazo.

-PUB-

Ao longo deste artigo, apresentar-lhe-emos algumas dicas e estratégias essenciais para manter o seu carro usado nas melhores das condições.

1. Procure compreender a importância de revisões frequentes

Operações como a mudança do óleo do motor e respetivo filtro, a verificação dos níveis de fluidos e a inspeção do motor são basilares no que toca ao pleno funcionamento do seu carro.

Ao negligenciar estas revisões periódicas, poderá estar a criar uma cadeia de problemas mecânicos, algo que, naturalmente, contribui para um desgaste muito mais rápido do seu veículo.

2. Atente no estado dos pneumáticos

Os pneus do seu automóvel são fundamentais no que concerne os respetivos desempenho e segurança; como tal, certifique-se de que a pressão daqueles se encontra em conformidade com o disposto no manual de instruções do fabricante, uma vez que um valor inferior ao recomendado resulta na quebra do desempenho energético do veículo, já para não falar de um potencial rebentamento devido ao seu sobreaquecimento.

Procure também manter-se a par do estado do rasto dos pneus, considerando que é proibido por lei circular com uma profundidade inferior a 1,6 mm, para sua segurança e dos restantes utilizadores da via pública.

3. Cuide da carroçaria e do habitáculo

Embora o estado do motor seja inegavelmente crucial para o bom funcionamento do seu veículo, não é por isso que deve descurar nem a carroçaria, nem o habitáculo, ou seja, o exterior e o interior da viatura.

Ao lavar e encerar o exterior com alguma regularidade, não só estará a melhorar o aspeto exterior da sua viatura, como também a protegê-la contra o desgaste da pintura e, inevitavelmente, o enferrujamento da carroçaria.

Preste também atenção ao estado dos estofos, do tabliê, do painel de instrumentos e de quaisquer outros componentes eletrónicos, de modo a conseguir tirar o máximo proveito da sua experiência de condução.

4. Não ignore nunca as informações do painel de instrumentos

Preste atenção às luzes que se acendem no painel de instrumentos, nomeadamente as de recomendação de vistoria e de paragem imediata – é assim que o seu veículo o alerta para potenciais situações de perigo.

A célere resolução destes problemas previne avarias graves e, por conseguinte, elevados custos de reparação.

5. Otimize a eficiência energética do seu veículo

A otimização da eficiência energética do seu carro usado não está apenas relacionada com uma poupança a nível monetário – trata-se também de adotar uma postura de cuidados preventivos.

Proceda à substituição regular do filtro de ar, mantenha a pressão correta dos pneus e utilize o óleo de motor recomendado pelo fabricante; estes são alguns dos aspetos que poderão significativamente impactar o consumo de combustível do seu veículo.

6. Opte por uma manutenção profissional

Apesar de uma revisão feita pelas próprias mãos poder parecer tentadora a determinados entusiastas do volante, existe uma boa parte de operações que deve ficar a cargo da perícia de especialistas.

As revisões periódicas efetuadas por mecânicos profissionais garantem que o seu carro é minuciosamente inspecionado e reparado; esta abordagem permite-lhe poupar a longo prazo, uma vez que estará a evitar cometer potenciais erros e a certificar-se de que quaisquer problemas são resolvidos antes de se tornarem demasiado graves.

7. Elabore um planeamento de manutenção

Estabeleça um calendário de revisões com base nas recomendações do fabricante, nos seus hábitos de condução e em aconselhamento profissional.

Mantenha-se a par do total de quilómetros percorridos e das datas em que deve proceder a determinadas operações de manutenção como mudanças de óleo ou inspeção do estado do sistema de travagem.

Não se esqueça tão-pouco de que a data-limite para efetuar a inspeção periódica obrigatória do seu veículo corresponde ao dia e mês da primeira matrícula.

Para concluir

Ao empreender estas medidas preventivas, não só estará a prolongar o tempo de vida útil do seu automóvel, como também a melhorar o respetivo desempenho, garantindo, assim, uma experiência de condução segura e agradável.

Lembre-se de que todos os cuidados, por mais pequenos que sejam, contribuem para manter o bom funcionamento do seu carro; como tal, seja proativo e desfrute do conforto que um carro usado lhe proporciona quando estimado.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.