Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024
No menu items!

Meio milhão de pessoas passa pelo concelho todos os anos

Macedo de Cavaleiros é um concelho rico em património histórico e cultural, com várias tradições, usos e costumes. Todos os anos passam por aqui mais de 500 mil pessoas, a maioria para aproveitar, no verão, as praias da Albufeira do Azibo

-PUB-

A partir de amanhã, e até domingo, todos os caminhos vão dar a Macedo de Cavaleiros e àquela que é a 26ª edição da Feira da Caça e Turismo. Durante estes dias, cerca de 40 mil pessoas vão passar pelo maior evento cinegético do país, que conta com um programa recheado de atividades, muitas delas voltadas para o turismo, com o objetivo de levar as pessoas a descobrirem os encantos do território.

“Em Macedo de Cavaleiros há muito para descobrir, a começar pela Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo, sendo, sem dúvida, um dos principais atrativos e ativos turísticos do território e cuja procura é a mais notada”, refere Antónia Morais, responsável pelo turismo da autarquia, destacando, ainda, “a forte e evidente demanda de turistas em torno dos Caretos de Podence, principalmente desde o seu reconhecimento pela UNESCO enquanto Património Cultural Imaterial da Humanidade, em dezembro de 2019”.

Trata-se de um concelho “para visitar ao longo de todo o ano”, afirma Antónia Morais, realçando a Feira da Caça e Turismo como “um dos principais atrativos de inverno”, a par do Entrudo Chocalheiro, considerado por muitos o Carnaval mais genuíno de Portugal.
Já no verão, é o Azibo que atrai mais pessoas. “Estamos a falar de praias com água que chega a atingir os 24º à superfície e que têm sido, sucessivamente, galardoadas com as Bandeiras Azul, Praia Acessível, Praia + Acessível e Qualidade de Ouro, o que faz com que sejam visitadas por turistas de todo o país e também do mundo”.

“Em média, o Azibo atrai cerca de 350 mil a 400 mil visitantes durante os meses de junho, julho e agosto”, indica Antónia Morais. Contas feitas, e falando apenas do Azibo, da Feira da Caça e Turismo e do Entrudo Chocalheiro, são mais de 500 mil as pessoas que, todos os anos, visitam o concelho macedense e a pandemia até deu uma ajuda.

“A grande viragem no crescimento turístico deu-se no primeiro ano da pandemia. A segurança que este território oferece, aliada à sua riqueza e diversidade paisagística, numa época em que uma das recomendações foi o distanciamento, fez deste destino o lugar perfeito para se estar em família. Neste caso, a interioridade e a baixa densidade populacional acabou por funcionar como um atrativo”, afirma a mesma responsável, admitindo que “no caso de Macedo de Cavaleiros, o turismo é um dos setores mais relevantes para o desenvolvimento económico. É por esta razão que a aposta no turismo será sempre uma prioridade, como veículo perfeito para a criação de riqueza no território”.

António Morais destaca o Geopark Terras de Cavaleiros, que oferece “cerca de 200 km de percursos pedestres homologados pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, uma Estação de Biodiversidade e uma Rota Geológica” e também a gastronomia, que pode ser degustada, ao longo do ano, através da iniciativa “Fins de Semana Gastronómicos”.

“Vale a pena visitar Macedo de Cavaleiros, um destino que se destaca pela sustentabilidade e proteção do meio ambiente, pela sua autenticidade, que valoriza a preservação da sua história e das suas tradições e que nos convida a explorar os nossos sentidos”, conclui Antónia Morais.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.