Domingo, 1 de Agosto de 2021

Militar da GNR detido por suspeita de envolvimento com assaltantes

A Unidade de Intervenção da GNR deteve quatro pessoas, entre as quais um elemento daquela força de segurança, por associação criminosa, recetação, coação agravada tentada, falsificação de documentos e burlas qualificada.

-PUB-

Quatro homens, um deles militar da GNR de Mogadouro, foram detidos no âmbito de uma operação realizada pela Unidade de Intervenção da GNR, que decorreu entre quarta e sexta-feira, e na qual foram realizadas buscas em diversos pontos do país.

Os detidos são suspeitos de associação criminosa, recetação, coação agravada tentada, falsificação de documentos e burlas qualificadas.

Na sequência da investigação, os militares da Guarda apuraram que o grupo desenvolvia a sua ação em Portugal, França e Espanha.

Foram feitas buscas domiciliárias e a armazéns das quais resultou a apreensão de vários artigos furtados, avaliados em mais de 250 mil euros, de onde se destacam 24 máquinas industriais, 28 ferramentas elétricas, cinco motos, nove telemóveis, três armas de fogo, munições de diversos calibres, uma arma elétrica, uma soqueira, uma arma de ar comprimido, sete chapas de VIN, três matrículas, 88 certificados de matrícula, 11 viaturas e 5970 euros em dinheiro.

Os quatro detidos foram presentes, este sábado, no Tribunal Judicial de Mogadouro, para aplicação das medidas de coação, que serão conhecidas na segunda-feira. Até lá, continuam detidos.

Esta ação contou com o reforço do Comando Territorial de Bragança e com o apoio da Gendarmerie Nationale Française.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.