Quarta-feira, 10 de Agosto de 2022

PSP deteve cinco pessoas

As detenções ocorreram em Chaves, na sequência de uma investigação que durava há quase sete meses.

-PUB-

O Comando da PSP de Vila Real, através da Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Chaves realizou uma “operação de prevenção criminal” nesta cidade, “visando especificamente o combate ao tráfico de produtos estupefacientes”.

De acordo com o Comando Distrital de Vila Real, no âmbito desta operação foram realizadas “quatro buscas domiciliárias e duas buscas não domiciliárias”, das quais resultou a detenção de “quatro indivíduos do sexo masculino”, com idades compreendidas entre os 37 e os 61 anos de idade, detidos “pela prática de crime de tráfico de produtos estupefacientes”.

A par destes, foi, ainda, detida uma cidadã “por injúrias e ofensas a integridade física a agente de autoridade”. Da operação resultou, ainda, a apreensão de “3,79 gramas de heroína, mais 20,82 em processo”, de “0,53 gramas de cocaína, mais 35,50 em processo”, além de “208 euros em dinheiro, procedente da prática ilícita”, e de “uma viatura ligeira de passageiros”, também esta “utilizada na prática ilícita” em causa.

Os cinco detidos foram, ontem, presentes ao Tribunal de Chaves, desconhecendo-se, até ao momento, qual as medidas de coação aplicadas pelo mesmo.

Com esta operação, “o objetivo fundamental do Comando da PSP de Vila Real e da Divisão de Chaves por inerência é reforçar o sentimento de segurança e confiança na população Flaviense, continuando a estratégia de intervenção, organizada e sistemática, de combate à criminalidade em geral e ao crime de tráfico de estupefacientes em particular”, concluiu esta Polícia.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.