Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

“Rampa Digital” propõe acelerar recuperação económica através da tecnologia

O programa destina-se a micro e pequenas empresas, em particular de regiões periféricas, mulheres em situação de vulnerabilidade e jovens com necessidades especiais

O .PT, entidade responsável pela gestão do domínio de topo português, lançou a “Rampa Digital”, programa que pretende “contribuir para acelerar a recuperação económica através da tecnologia e do digital”, e que conta com o apoio do chamado braço filantrópico da Google (Google.org), na qualidade de mecenas.

“A Rampa Digital vai incluir um conjunto de ações de formação e mentoria, bem como de acesso gratuito a ferramentas digitais, e destina-se a três grandes públicos-alvo: micro e pequenas empresas, em particular de regiões marcadas pela assimetria geográfica, mulheres em situação de vulnerabilidade e jovens com necessidades especiais”, explica o comunicado divulgado pelo .PT.

Para tal, o programa incluirá “cursos online em vídeo, casos de estudo, sessões de acompanhamento e de formação online e presenciais”, que decorrerão por meio de “uma abordagem de proximidade, através de sessões individuais e em pequenos grupos”.
Segundo Marta Moreira Dias, .PT Board of Directors, “a Rampa Digital pretende acelerar a recuperação económica através do digital, qualificar digitalmente com vista à empregabilidade, diminuir a pobreza e a exclusão social, potenciar ideias e negócios com recursos digitais, capacitar para concretizar autonomia e sustentabilidade económica e dinamizar o ecossistema empreendedor, capitalizando recursos digitais”.

Para tal, “contamos com a colaboração de um conjunto de parceiros estratégicos, entre os quais a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, o IAPMEI, a FENACERCI (Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social), a Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas, a Rede Europeia Antipobreza (EAPN Portugal), que nos ajudarão a identificar as principais necessidades dos públicos-alvo e que capacitarão as suas equipas com os conteúdos formativos que a Rampa Digital disponibilizará, permitindo, assim, dar continuidade ao processo de digitalização junto das suas comunidades”.

Os conteúdos formativos do programa “serão adaptados a cada público-alvo e adequados aos seus diferentes níveis de maturidade digital (nível básico, intermédio e avançado), podendo ser consumidos ao ritmo de cada participante”, avança Marta Moreira Dias.

CAPACITAÇÃO DIGITAL

Em comunicado, Luísa Ribeiro Lopes, presidente do conselho diretivo do .PT e coordenadora-geral do INCoDe.2030, iniciativa integrada de política pública dedicada ao reforço de competências digitais, alerta que “a tecnologia terá, nos próximos anos, um papel decisivo na recuperação económica, no reforço da competitividade e no desenvolvimento social do país”.

Assim sendo, “a qualificação dos recursos humanos, através da capacitação digital, tem de ser uma prioridade de empreendedores e empresas para melhor responder aos desafios da transformação digital”.

Ao mesmo tempo, Luísa Ribeiro Lopes defende uma descentralização das políticas públicas e é da opinião de que “programas como o ‘Rampa Digital’ têm de ter a capacidade de chegar onde são mais necessários para gerar um impacto real no crescimento e na sustentabilidade das nossas micro e pequenas empresas, mas também na criação de oportunidades para os mais vulneráveis, em particular as mulheres e os jovens”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.

MAIS LIDAS

-PUB-

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes
-PUB-